Sabugueiro: o que é, benefícios e riscos à nossa saúde

O sabugueiro é uma das plantas medicinais mais utilizadas no mundo. Tradicionalmente, os nativos americanos usavam essa planta para tratar infecções, enquanto os antigos egípcios usavam-na para melhorar o aspecto de suas peles e curar queimaduras. Ainda hoje o sabugueiro é usado na medicina popular em muitas partes da Europa.

Hoje, o sabugueiro é mais usado como suplemento ou chá para tratar sintomas de resfriado e gripe. No entanto, as bagas cruas, a casca e as folhas da planta também são conhecidas por serem venenosas e e podem causar problemas no estômago.

Este artigo examina mais de perto a sabugueira, a evidência que apóia as alegações dos benefícios que ela trás a saúde e os perigos aconsumir certas partes dessa planta.

para que serve sabugueiro Sambucus nigra

Bagas do sabugueiro europeu (Sambucus nigra), também conhecido como sabugueiro-preto

O que é Sabugueiro

Sabugueiro é um nome comum usado para referir-se a diversas variedades diferentes da árvore Sambucus, que é uma planta florida pertencente à família Adoxaceae. O tipo mais comum é Sambucus nigra, também conhecido como sabugueiro europeu. Esta árvore é nativa da Europa, embora também seja cultivada em muitas outras partes do mundo.

A Sambucus nigra pode chegar aos 9 metros de altura e tem aglomerados de pequenas flores de cor branca ou cremosa conhecidas como flor de sabugueiro. As bagas são encontradas em pequenos cachos preto e azul-escuro.

As bagas são bastante azuis e precisam ser cozidas para serem comidas. As flores têm um delicado aroma de moscatel e podem ser comidas cruas ou cozidas. Outras variedades incluem o Sambucus australis (ocapora), Sambucus ebulus (sabugueiro-anão) e Sambucus lanceolata (sabugueiro-da-Madeira).

Várias partes da árvore de sabugueira foram usadas ao longo da história para fins medicinais e culinários. Historicamente, as flores e as folhas foram usadas para alívio da dor, inchaço, inflamação, estimular a produção de urina e induzir transpiração. A casca erada usada como diurético, laxante e para provocar o vômito.

Na medicina popular, as bagas secas e o suco são usados ​​para tratar a gripe, infecções, ciática, dores de cabeça, dor dental, dor no coração e dor nervosa, além de um laxante e diurético.

Além disso, as bagas podem ser cozidas e usadas para fazer suco, geléias, chutneys, bolos e vinho de sabugueiro. As flores são muitas vezes fervidas com açúcar para fazer um xarope doce ou beber como chá. Elas também podem ser comidas frescos em saladas.

Benefícios do Sabugueiro

O sabugueiro trás vários benefícios à saúde. Eles são só nutritivos, como também podem combater sintomas da gripe, melhorar a saúde do coração e combater a inflamação e as infecções, entre outros benefícios.

Rico em nutrientes

O sabugueiro é um alimento de baixo conteúdo calórico rico em antioxidantes: 100 gramas de bagas frescas contêm 73 calorias, 18,4 gramas de carboidratos e menos de 1 grama cada uma de gordura e proteína (1).

Além disso, eles têm muitos benefícios nutricionais:

  • Rico em vitamina C: existe de 6 a 35 mg de vitamina C por 100 gramas de fruta, o que representa até 60% da ingestão diária recomendada.
  • Rico em fibras: sabugueiros contêm 7 gramas de fibras em 100 gramas de bagas frescas, que é mais de um quarto da ingestão diária recomendada.
  • Ótima fonte de ácidos fenólicos: estes compostos são poderosos antioxidantes que podem ajudar a reduzir os danos resultantes do estresse oxidativo no organismo.
  • Boa fonte de flavonóis: o sabugueiro contém os antioxidantes flavonóis quercetina, kaempferol e isorhamnetina. As flores contêm até 10 vezes mais flavonóis do que as bagas.
  • Rico em antocianinas: estes compostos dão à fruta a sua característica cor preta-preta escura e são um poderoso antioxidante com efeitos anti-inflamatórios.

Fontes: SELFNutritionData, JFF.

A composição nutricional exata das bagas do sabugueiro depende de uma séries de fatores, tais como, a variedade da planta, quão maduras as bagas estão e condições ambientais e climáticas. Portanto, as informações nutricionais aqui listados podem variar.

cha de sabugueiro

Um pacote de chá de flor de sabugueiro

Alivia os sintomas da gripe

O extrato e o chá de sabugueiro (Sambucus nigra) demonstraram reduzir a gravidade e a duração da gripe (2).

Um estudo randomizado de 2004 realizado pelo Departamento de Virologia da The Hebrew University Hadassah Medical School  testou eficácia e segurança do extrato de sabugueiro no tratamento de infecções por vírus influenza A e B:

Os pacientes receberam 15 ml de xarope de sabugueiro ou placebo quatro vezes por dia durante 5 dias e registraram seus sintomas usando uma escala analógica visual. Os sintomas foram aliviados em média 4 dias antes e o uso de medicação de resgate foi significativamente menor naqueles que receberam extrato de sabugueiro em comparação com o placebo. O extrato de sabugueiro parece oferecer um tratamento eficiente, seguro e econômico para a gripe.

Outro estudo com 64 pessoas descobriu que tomar pastilhas de extrato de sabugueira de 175 mg durante dois dias resultou em melhora significativa nos sintomas da gripe, incluindo febre, dor de cabeça, dores musculares e congestão nasal,já nas primeiras 24 horas.

Outro estudo com 312 pessoas que viajam constantemente por via aérea analisou os efeitos de uma suplementação diária com 300 mg de extrato de sabugueira tomada três vezes por dia:

Os viajantes que usaram sabugueiro de 10 dias antes de viajar até 4-5 dias depois de chegar ao exterior, em média, experimentaram uma duração menor de 2 dias do resfriado e também notaram uma redução dos sintomas do resfriado.

É preciso que mais estudos aprofundados sobre o tema sejam feitos para termos uma ideia melhor sobre assunto, mas baseados nesses resultados preliminares, o sabugueiro pode ser usado como um remédio caseiro para tratar sintomas da gripe.

Rico em antioxidantes

As flores, frutas e folhas do sabugueiro são excelentes fontes de antioxidantes.  Um estudo descobriu que o estado antioxidante melhorou em pessoas uma hora depois de beberem 400 ml de suco de sabugueira. Outro estudo em ratos descobriu que o extrato de sabugueira ajudou a reduzir a inflamação e danos nos tecidos oxidativos.

Porém, é importantíssimo notar que os resultados obtidos em testes laboratoriais não serão os mesmos que você irá obter em casa. Boa parte da capacidade antioxidante do sabugueiro é perdida quando as partes dessa planta são transformadas em suplementos, extratos, xaropes, chás, etc. A sabugueira pode perder até 90% da sua capacidade antioxidante quando processada (3). Ou seja, o sabugueiro tem poder antioxidante quando consumido cru.

Pode ser bom para a saúde do coração

O sabugueiro pode beneficiar nossa saúde cardíaca. Estudos demonstraram que o suco de sabugueiro pode reduzir o nível de gordura no sangue e diminuir o colesterol. Além disso, uma dieta rica em flavonóides como antocianinas (e o sabugueiro é rico em antocianinas) pode reduzir o risco de doença cardíaca (3, 4).

Um estudo com 34 pessoas com 400 mg de extrato de sabugueiro (equivalente a 4 ml de suco) três vezes ao dia durante duas semanas encontrou uma ligeira redução nos níveis de colesterol, porém os resultados não foram estatisticamente significativos. Outro estudo em ratos com alto teor de colesterol descobriu que uma dieta que incluia sabugueiro reduziu a quantidade de colesterol no fígado e na aorta, mas não no sangue.

Outros estudos descobriram que os ratos alimentados com alimentos contendo polifenóis extraídos de sabugueira apresentavam reduções na pressão arterial e eram menos suscetíveis ao dano orgânico causado pela pressão arterial elevada (5, 6).

Apesar desses resultados promissores, uma redução direta nos ataques cardíacos ou outros sintomas de doença cardíaca ainda não foi comprovada. Estudos adicionais em humanos são necessários para sabermos se o sabugueiro pode mesmo ser eficiente em beneficiar nossa saúde cardíaca.

Outros benefícios:

  • Pode combater o câncer: tanto o sabugueiro europeu quanto o americano tiveram algumas propriedades inibidoras de câncer em estudos com tubo de ensaio (7).
  • Pode apoiar o sistema imunológico: em ratos, polifenóis de sabugueiro foram encontrados para apoiar a defesa imune aumentando o número de glóbulos brancos (8).
  • Poderia proteger contra a radiação UV: um produto de pele contendo extrato de sabugueira tinha um fator de proteção solar de 9,88 (9).
  • Pode aumentar a micção: verificou-se que as flores de sabugueiro aumentam a frequência de micção e a quantidade de excreção de sal em ratos (10).
  • Pode ter algumas propriedades antidepressivas: um estudo descobriu que ratos usaram 1.200 mg de sabugueiro por kg de peso corporal apresentaram melhor desempenho e marcadores de humor (11).

Embora esses resultados sejam interessantes, é necessária estudos científicos aprofundados em seres humanos para determinar se os efeitos são verdadeiramente significativos. Além disso, os produtos de sabugueiro encontrados à venda no mercado como chás, extratos, suplementos e sucos, podem conter concentrações diferentes da planta. Ou seja, esses produtos podem ser mais fortes ou mais fracos e portanto, os benefícios podem variar muito de produto para produto.

Riscos à saúde

Embora o sabugueiro possa trazer benefícios à nossa saúde, ele também tem o potencial de fazer mal.

A casca, bagas e sementes não maduras contêm pequenas quantidades de substâncias conhecidas como lectinas, o que pode causar problemas no estômago se o seu consumo for exagerado.

Além disso, a planta de sabugueiro contém substâncias chamadas glicosídeos cianogênicos, que podem liberar cianeto em algumas circunstâncias. Existem 3 mg de cianeto por 100 gramas de bagas frescas e de 3 a 17 mg por 100 gramas de folhas frescas. A dose fatal é de 1.52 mg de cianeto por quilo de peso corporal (122 mg de cianeto para um pessoa de 80 quilos). Ou seja, comer 4 quilos de bagas verdes de sabugueiro pode levar a morte.

No entanto, os produtos processados (xarope, chás, suplementos, etc) vendidos não contêm cianeto e não há notícias de mortes por envenenamento devido ao consumo de sabugueiro. O mais provável que vai acontecer se você exagerar e consumir as bagas, folhas, cascas ou raízes cruas da sabugueira são náuseas, vômitos e diarréia (12).

As substâncias tóxicas encontradas nas bagas da sabugueira podem ser removidas com segurança cozinhando. No entanto, os ramos, a casca ou as folhas não devem ser utilizados na culinária ou no sumo.

Se você está coletando as flores ou as bagas você mesmo, assegure-se de ter identificado corretamente a planta como sabugueiro americano ou europeu, já que outros tipos de sabugueiro podem ser mais tóxicos. Além disso, certifique-se de remover qualquer casca ou deixa antes de usar.

As partes da planta exceto as flores e as bagas maduras são […] venenosas e não devem ser consumidas e nem estar presentes no preparo do sabugueiro. Assim, a inclusão de outras partes da planta deve ser evitada. As lectinas da casca são consideradas tóxicas e devem ser evitados no preparo de sabugueira. Além disso, as folhas e hastes não devem ser esmagadas, uma vez que o esmagamento leva ao liberação de ácido cianídrico.

Fonte: Relatório de avaliação sobre o Sambucus nigra

O sabugueiro não é recomendada para crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade ou para mulheres grávidas ou amamentando. Embora nenhum evento colateral tenha sido relatado nestes grupos de pessoas, não há dados suficientes para confirmar que o consumo desta planta é seguro para elas.

Conclusão

Embora a sabugueira tenha sido associada a muitos benefícios promissores para a saúde, a maior parte das pesquisas só foi conduzida em laboratórios e não foi testada extensivamente em seres humanos. Portanto, não podemos afirmar que o sabugueiro vai trazer benefícios para a nossa saúde. Ele pode, mas isso não quer dizer que vai.

Evidências razoáveis apoiam seu uso para reduzir a duração e a gravidade dos sintomas da gripe. Além disso, ele pode ser benéfico para a saúde do coração, melhorar nossa capacidade antioxidante e ter uma variedade de efeitos anticancerígenos, anti-diabetes e anti-inflamatórios.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply