Cálcio: o que é, para que serve e sua importância no organismo

Quando você pensa em cálcio, qual a primeira coisa que vem na sua cabeça? Certamente, você deve estar pensando em queijo e leite, não é mesmo? Desde cedo, somos ensinados que o cálcio é fundamental para deixar os ossos e os dentes sempre saudáveis, porém o seu consumo para nosso organismo vai muito além disso!

Dentro de nosso corpo, o consumo de cálcio tem funções específicas que precisam desse nutriente para funcionar. Sem ele, nosso corpo falha.

Preparamos esse artigo, justamente, para que você compreenda a importância deste mineral e os benefícios que ele gera em nosso corpo.

O que é

Especialistas, médicos e nutricionistas são categóricos em afirmar que o cálcio é um dos minerais essenciais fundamentais para que o corpo funcione adequadamente. Sem o seu consumo, diferentes funções ficarão prejudicadas, inclusive, haverá uma deficiência enorme que irá ocasionar a formação de diversas doenças.

Não existe uma idade certa onde o cálcio é mais importante. Desde a infância, seu consumo é recomendado para a qualidade dos dentes, dos ossos e o desenvolvimento dos órgãos. Já na fase adulta, principalmente as mulheres, precisam do consumo rigoroso, para evitar problemas na menopausa.

Para que o organismo receba a quantidade adequada, é necessário 1000mg dia. Parece algo muito grande, não é mesmo? Mas você não precisa se preocupar. Todos os alimentos que são ricos em cálcio possuem quantidades muito altas, então atingir essa marca se torna muito fácil.

Para que serve o cálcio

Como já fizemos questão de pontuar, o cálcio, dentro de nosso organismo, vai muito além de deixar os dentes fortes e garantir a saúde dos ossos. Há necessidades que poucas pessoas conhecem.

Por exemplo, você sabia que sem o cálcio seu sistema nervoso pode ser afetado? É verdade, ele age diretamente no sistema nervoso central, evitando o risco de que doenças neurológicas possam aparecer.

Ele também fará a manutenção de seus músculos, ajudando você a adquirir massa magra e, sempre, dando mais energia em seu treino. O cálcio, é uma das substâncias responsáveis pelo transporte de proteína dentro do organismo.

Com relação aos ossos, o que ele faz é armazenar minerais que ajudam a manter tudo em ordem. O que acontece é que, quando há uma deficiência em alguma função do organismo, o que foi acumulado nos ossos é distribuído. Ou seja, se isso não estiver equilibrado, seus ossos ficam fracos. Justamente, dessa forma, é que a osteoporose aparece!

Benefícios

Músculos, cérebro, ossos e a saúde, de maneira geral, têm a necessidade do cálcio para manter tudo funcionando como deveria. No cérebro, como já dito acima, ele irá diminuir os riscos de problemas neurológicos, principalmente, em bebês que ainda estão dentro da barriga de suas mães. A pressão arterial também é beneficiada por seu consumo. Já existem pesquisas que afirmam que doses adequadas garantem o controle.

Se você é do tipo de pessoa que treina em ritmo intenso, o cálcio é um grande auxiliador. Ele faz a manutenção das funções cardíacas, além de regular a pressão, prevenir AVC e infarto.

Não é apenas para os ossos que o cálcio é importante, todas as funções do organismo dependem direta ou indiretamente dele.

Alimentos ricos em cálcio

Não é nenhum mistério entender quais são os alimentos que são ricos em cálcio, não é mesmo? Leite e seus derivados encabeçam a lista dos que possuem maior fonte. No entanto, não é apenas nesse tipo de alimento que você encontrará o cálcio.

Há opções, por exemplo, para quem tem intolerância a lactose, mas que o organismo continua necessitando do mineral.

Então, você pode encontrar cálcio nos seguintes tipos de alimentos:

  • Grãos: A soja, por exemplo, é uma das opções para quem é vegano ou tem intolerância a lactose. Para esses casos, a recomendação é que dobre a dose diária ingerida;
  • Vegetais verde-escuro: Qualquer vegetal que seja verde-escuro tem altas quantidades de cálcio e, com isso, deve ser ingerido. O espinafre, os brócolis, são ótimas opções.
  • Castanhas: castanhas são uma boa fonte deste mineral essencial. Basta o consumo de apenas algumas por dia para atingir os níveis recomendados.

Anotou todas as informações sobre esse assunto? Ficou tudo claro?

Se tiver qualquer dúvida, escreva para nós!

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta